Skip to content

Solidariedade Imigrante: nota de imprensa

10/05/2011

MORTE NO MEDITERRÂNEO

NOTA DE IMPRENSA

MAIS UM CRIME COMETIDO PELA NATO
EPOPEIA DA DESESPERANÇA ACABA EM TRAGÉDIA
GOVERNO PORTUGUÊS DEVE PRONUNCIAR-SE NA ASSUNÇÃO DAS SUAS
RESPONSABILIDADES

A solidariedade Imigrante – Associação para a defesa dos direitos dos imigrantes,
não podia deixar de se pronunciar e mostrar-se indignada por mais este crime
hediondo cometido pela NATO, ao não socorrer sete dezenas de migrantes, homens e
mulheres fugidos de situações de guerra que nada mais fazem do que procurar a sua
sobrevivência, levando à morte 60 pessoas.

Provenientes de Tripoli capital da Líbia, país severamente castigado pelos
bombardeamentos da Nato e das grandes potências ocidentais, são também condenados
à morte por tentarem salvar a sua vida.

Perante tamanha gravidade onde a vida de pessoas inocentes é posta em causa com as
atitudes e politicas que levam milhares e milhares de pessoas à morte, é tempo de se
exigirem responsabilidades para que a impunidade não se transforme um modo de vida
dos poderosos sobre os mais necessitados.

Numa perspectiva que é tributária da Convenção de Varsóvia sobre a protecção a dar
a estes homens e mulheres e que Portugal é subscritor, é preconizada a protecção do
estrangeiro enquanto vitima de uma crime grave de violação dos direitos humanos que é
o caso destes migrantes que procuram a vida.

As causas desta autêntica epopeia são conhecidas: a desesperança de vida em África
cresce e agrava-se com as guerras e regimes ditatoriais que desrespeitam os direitos
humanos. Quem já nada tem a perder arrisca, mesmo se a probabilidade de ficar
sepultado no fundo do oceano rondou os mais de 20% em 2008.

Tremenda hipocrisia, depois da lufada de ar fresco que veio do norte de África no
desabrochar da esperança, da liberdade e democracia, a Europa e a Nato prontificam-
se para se colocarem ao lado dos que mais precisam, tremenda desilusão estarão a viver
milhares de pessoas que procuram lutar pelo direito mais elementar do ser humano, o
direito à própria vida.

Face à gravidade da situação, exigimos que o Governo Português e o Sr. Primeiro
Ministro se pronunciem sobre o acontecido, uma vez que Portugal é membro efectivo
da NATO.

Contacto: Timóteo Macedo 91 494 8558

Rua da Madalena, N.º 8, 2º Andar, 1100-321 Lisboa
Telef. 21 887 07 13 Fax 21 887 07 13
Solidariedade_imigrante@hotmail.com
www.solimigrante.org

Anúncios
2 comentários leave one →
  1. manuela de campos xavier permalink
    11/05/2011 12:23

    Sinto a maior indignação e compaixão por este abandono de seres humanos. Que fazer para além de me indignar e denunciar???

  2. manuela de campos xavier permalink
    11/05/2011 12:26

    eu quero partilhar a nota de imprensa no meu perfil do FB mas não consigo…… farei de outra forma, se conseguir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: