Skip to content

A PAGAN vai estar presente no protesto da Geração à Rasca

12/03/2011

Ponto de encontro da PAGAN no protesto de dia 12/Março da Geração à Rasca: 14h30h em frente ao Diário de Notícias, Avenida da Liberdade (Lisboa).

Às 15 h estaremos em frente ao cinema S. Jorge para nos unirmos aos outros movimentos sociais.

Este slideshow necessita de JavaScript.

PAGAN – Plataforma Anti-Guerra, Anti-Nato

https://antinatoportugal.wordpress.com/
antinatoportugal@gmail.com


Forças Armadas: para quê?

Já todos sabíamos que as Forças Armadas são um brinquedo caro e inútil; uma poltrona para generais sentados e bem pagos.

Ficámos agora a saber que nas altas esferas dos EUA se pensa o mesmo. Apesar de todo o seu servilismo, os militares portugueses não obtêm qualquer apreço do patrão norte-americano.

Já sabíamos que os submarinos foram um brinquedo pago pelos contribuintes, por imposição alemã e com a habitual corrupção incorporada. Foi porém, segundo os EUA, uma compra estúpida mas que encheu de orgulho os almirantes.

Num conjunto de 39 caças, só 12 podiam voar, registando-se também a compra de helicópteros sem peças sobresselentes.

Porém, é vê-los, rechonchudos e luzidios, repletos de galões, botões amarelos e medalhas por feitos irrelevantes.

Por que se compra lixo militar e não se cuida desse valioso património que são 600 mil trabalhadores no desemprego?

Como é possível que o governo faça alarde da poupança de €4.3M com trabalhadores doentes e gaste, sorrateiro, €75M em missões militares no estrangeiro, por conta do Pentágono e da NATO?

Como é possível que se despeçam professores e se enviem as duas fragatas e o submarino 10 dias para manobras no Mediterrêneo? A educação dos nossos filhos vale menos que os jogos dos militares?

Por que é que o ministério da defesa representa 3.8% das despesas correntes do Estado mas, 11.5% dos gastos com pessoal?

Por que razão cada um de nós contribui com €215 para este luxo anacrónico?

Perante a recessão e os sacrifícios com que se sobrecarregam os trabalhadores e os pobres, é preciso:

  • Cancelar de imediato todas as compras de equipamentos militares – €432M de poupança em 2011
  • Findar as operações militares no exterior –  €75M este ano
  • Cessar todas as contratações de novos militares
  • Estabelecer um plano de redução drástica ou mesmo de extinção das forças armadas

https://antinatoportugal.wordpress.com/
antinatoportugal@gmail.com

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: