Skip to content

A PAGAN saúda e apoia esta iniciativa. Solidariedade com a Palestina!

27/12/2010

27/12/08 – As Forças Armadas de Israel lançaram uma das maiores ofensivas já registadas contra o grupo palestino Hamas. A acção matou 227 pessoas e mais de 700 ficaram feridas.

 

O Comité de Solidariedade com a Palestina, a exemplo de outras organizações, junta-se à iniciativa de um grupo de cidadãos para assinalar os dois anos do mortífero ataque a Gaza, manifestando a sua solidariedade com o povo da Palestina e o seu repúdio pelo apoio do governo português à ocupação e ao apartheid israelita

dia 27 de Dezembro, 18h30


concentração no Largo de S. Domingos (junto ao Rossio), em Lisboa

http://palestinavence.blogs.sapo.pt/37969.html

ver também: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL938573-5602,00-VEJA+A+COBERTURA+COMPLETA+DOS+ATAQUES+DE+ISRAEL+A+FAIXA+DE+GAZA.html

 

SOMOS TODOS PALESTINOS

Emir Sader

Olhem as nossas caras. Olhem como estamos desvalidos.
Olhem como só dispomos de pedras e de uma vaga esperança de justiça.

Olhem como somos – crianças mortas, mães em prantos, mulheres viúvas,
filhos órfãos.
Olhem como nos imolamos por uma causa pela qual ninguém
dá nem um minuto do seu tempo.

Olhem como perdemos tudo – pátria, casa, oliveira, família,
terra, rua, braço, olhos. Olhem como amanhecemos chorando
e enterramos os mortos de ontem.
Olhem como nos preparamos para morrer hoje e amanhã.

Olhem como ninguém nos olha. Olhem como nos desumanizam.
Olhem como nos metralham.
Olhem como somos vítimas inertes diante dos fuzis automáticos.

Olhem como nos juntamos para os enterros,
para velar os nossos mortos, para gritar nosso desespero e nosso abandono.

Olhem os nossos olhos, olhem as nossas mãos, olhem os nossos filhos.
Olhem os muros com que nos cercam, olhem as máscaras com que se escondem
nossos carrascos.
Olhem as mentiras dos seus porta-vozes, juntem raiva dos seus cínicos comunicados.

Agora fechem os olhos e nos imaginem tento uma pátria nossa,
como quase todos têm.
Imaginem-nos como nação, com nossa cultura, nossas ruas e casas,
nossos teatros e nossas oliveiras.

Fechem os olhos e vejam campos de paz, em que cruzam
judeus, palestinos, cristãos, ateus – todos, seres humanos,
independentemente de sua religião, raça, idade, idioma.
Fechem os olhos e imaginem um mundo de paz no Oriente Médio,
com dois povos convivendo com fronteiras desarmadas,
sem passaportes, com templos de todos os credos convivendo
como um dia o fizeram em Toledo – de forma tolerante e solidária.

Fechem os olhos, mas nunca deixem de ver-nos como somos hoje
– dominados, ofendidos, humilhados, discriminados, explorados,
massacrados.
E lutem conosco por um mundo de paz,
De solidariedade, de tolerância, de fraternidade.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: