Skip to content

Carta Aberta a Helena Pereira e Sónia Graça – Alguém vos ensina a fazer jornalismo decente?

14/11/2010
Fui dar de caras com uma notícia por vós escrita, no SOL, relativamente a “desordeiros internacionais na cimeira da NATO” e fiquei deveras embasbacado com a falta de qualidade no jornalismo que apresentam.
Primeiro que tudo, o Black Bloc não é um grupo, mas uma táctica de acção – violenta, é verdade. No entanto, não misturemos alhos com bugalhos. É absurdo falar-se de violência quando se fala da War Resisters’ International e da Bombspotting. São organizações que levam a cabo inúmeras acções de desobediência civil mas renunciando, sempre, à violência. Desafio-vos a encontrarem exemplos de acções violentas dessas organizações.
Do ICC (International Coordinating Comittee No To War-No to NATO) fazem parte, para além da PAGAN e da War Resisters’ International, o Conselho Mundial da Paz e a Esquerda Europeia, entre muitas outras organizações. Esta rede tem uma história ainda muito curta mas de uma conduta exemplar no que toca ao respeito dos Direitos Humanos e, obviamente, à não-violência (o que já não se pode dizer de grande parte dos governos europeus, dos EUA e da NATO). As suas acções de desobediência civil marcam-se não só por não atentarem contra a vida humana, mas também por, posicionando-se contra a NATO, tentarem evitar que ela seja desrespeitada em lugares como o Afeganistão e os Balcãs.
Por tudo isto, Helena Pereira e Sónia Graça, penso que o menos que podem fazer é assumir publicamente os erros por vós cometidos neste artigo, mostrando a verdadeira realidade que envolve os protestos contra a NATO, e não criando de forma sensacionalista o pânico entre a população portuguesa.
Esta carta será publicada e divulgada em diversos meios de comunicação independente, para que o máximo de pessoas comece a ficar alerta para estas situações de parcialidade e de crassa falta de qualidade no jornalismo português.

Francisco Norega

Anúncios
2 comentários leave one →
  1. 16/11/2010 3:28

    apoiado…

  2. ana permalink
    20/11/2010 13:44

    é impressionante como nos dias de hoje se confunde pacifismo com terrorismo. Não foram só estas jornalistas que se trocaram todas. Pelo que ouvi nas ruas e transportes públicos a campanha p’ró Nato teve uma repercussão muito negativa e enganadora junto da opinião pública.
    Até os organizadores da manifestação de dia 20, fazem questão de se demarcar publicamente dos “desordeiros” nacionais e internacionais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: