Skip to content

Marcha de Rota – Sevilha

09/11/2010

“Na Marcha de Rota – onde este ano o PCP não esteve – foi um espectáculo ver anarquistas, anti-militaristas, comunistas, ecologistas, nacionalistas andaluzes, até independentistas, las mujeres de negro e grupos alternativos participarem numa marcha de 8km em perfeita unidade e tolerância; a unidade das diversidades que compõe todas as sociedades, a multidão. Parece que por aqui em Espanha já se percebeu que o tempo não é de sectarismos e exclusões arbitrárias por parte de quem quer controlar todos os movimentos
E por isso há uma miríade de grupos diversíssimos que colaboram nisto e naquilo, sem perda das respectivas autonomias mas sabendo quando a unidade é criativa e quanto a autonomia não excludente fortalece os projectos próprios.

Ver toda aquela gente unida tendo a policia e o portão da base militar do outro lado é um tipo espectáculo que infelizmente em Portugal muitos não querem ou receiam. Isto decerto não está desligado do nosso carácter periférico e do atraso político e social que nos marca.« (testemunho de um elemento da PAGAN na Marcha de Rota, Sevilha)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: