Skip to content

Comunicado de Imprensa da Plataforma Anti-guerra, Anti-NATO (PAGAN)

05/11/2010

COMUNICADO

CONTRA-CIMEIRA DA NATO – A PAGAN NÂO PROMOVE A VIOLÊNCIA

A PAGAN – Plataforma Anti-Guerra, Anti-Nato desmente integralmente e considera difamatórias, notícias que, nos últimos dias, relacionam com acções violentas, os preparativos em curso para a organização de uma Contra-Cimeira da Nato, por ocasião da cimeira da Nato, a ocorrer em Lisboa dentro de duas semanas.

 

A PAGAN tem a esclarecer o seguinte:

 

  1. A PAGAN não está envolvida em preparativos de acções violentas e sobre isso só conhece o que a imprensa, com insistência, vem divulgando;

 

  1. As indicações dadas no site da PAGAN sobre a protecção dos manifestantes para a eventualidade de acções violentas são uma responsabilidade própria de quem organiza iniciativas pacíficas e abertas nos dias de uma cimeira como a da Nato;

 

  1. Ao longo dos anos, tem-se verificado, em ocasiões comparáveis à da cimeira, a infiltração, nos protestos pacíficos, de grupos anónimos e violentos  (a que se convencionou chamar “black block”) interessados na desestabilização e na criminalização de quem contesta a Nato e a guerra como forma de resolver conflitos;

 

  1. A PAGAN não pretende deixar lugar a ambiguidades e afirma a sua indisponibilidade para aceitar a presença de grupos violentos no âmbito das suas iniciativas e condena as suas atitudes, exortando ainda a imprensa a promover o carácter cívico e pacífico da PAGAN e das organizações internacionais congéneres presentes em Lisboa durante a cimeira da Nato;

 

  1. Estes esclarecimentos foram já transmitidos às autoridades policiais, com as quais a PAGAN realizou uma reunião formal no passado dia 27 de Outubro.

 

Lisboa, 3 de Novembro de 2010

 

PAGAN – Plataforma Anti-Guerra, Anti-Nato

Anúncios
5 comentários leave one →
  1. aaaahh permalink
    06/11/2010 15:55

    este comunicado é uma vergonha… fiquem em casa a dar banho ao gato ou adiram ao PC, que tem um discurso parecido ao vosso..

  2. green bloc permalink
    08/11/2010 12:18

    que vergonha… a fazerem de polícias, dividindo o movimento.
    que vergonha… a fazerem de políticos e a porem a estratégia do BE à frente da do movimento.
    que vergonha… a conseguirem que eu já não apareça nas mobilizações

    • Mário Tomé permalink
      10/11/2010 17:31

      Dividar qual movimento? Há vários. Há o que mobiliza pessoas e haverá o que as desmobiliza. Teremos que escolher.
      Qual é a estratégia do BE? Não me digas que o BE infiltrou a PAGAN que eu saio já do BE.
      Mas vocês sempre podem juntar-se àquela malta que põe a NATO à rasca. Aliás até consta que vai evacuar o Afeganistão para o pessoal não partir as montras dos bancos que ficam sem hipótese de continuar a financiar a guerra.
      Nunca me esqueço daquelas manif’s de centenas de milhar contra a guerra que ficaram coladas nos écrãs de TV com a frenética e eficaz acção dos black bloc (e só essa) que passam o ano a militar contra a NATO e a ganhar a opinião pública contra a NATO.
      A parteira da história aparece só quando a história está prenha e vai dar à luz. Antes só chateia e perde a oportunidade.
      Boa jornada

      • green bloc permalink
        11/11/2010 13:09

        a parteira da história aparece de geração espontânea só quando é precisa? Quando não é precisa, entrega-se à polícia… muito bem, caro militar de Abril.

        Como é que aparece de geração espontânea? Antes do parto não há nada? Está numa caixa para utilização dos cérebros da história e é retirada por eles (quem mais?!?!?!) só quando eles decidem que é precisa? Ou tem essa característica divina de chegar quando é necessária?

        Batam na parteira da história e um dia a história fica prenha e a parteira já não está para se chatear.

  3. 13/11/2010 5:27

    Quem é violento, a OTAN e o sistema capitalista neoliberal que mata, elimina e exclui por diversas formas milhões de pessoas em todo o globo terrestre ou os Black Bloc? Para nós o preocupante é a violência dos primeiros que possuem o controlo dos meios bélicos mais violentos e dos meios policiais que servem os grupos dominantes no poder e quando as pessoas legitimamente se indignam e mostram o seu desacordo e descontentamento não hesitam na repressão mais feroz e selvática.

    Vamos estar na manifestação PAZ SIM OTAN NÃO como antimilitaristas que somos de longa data e nos trezentos e sessenta e cino ou seis dias do ano,

    PELA DESMILITARIZAÇÃO, OTAN NÃO!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: