Skip to content

Intervenção da PAGAN na Conferência pela Paz no Mundo contra a NATO e a militarização da UE organizada pelo GUE/NGL

31/10/2010

Notas da Intervenção da Natália Nogal em representação da PAGAN

Surgimento e Objectivos
A PAGAN surgiu em 30/9/2009 como plataforma aberta a todos os que queiram:

  • Lutar contra a guerra como forma de resolução de conflitos,
  • Lutar contra a NATO como a principal promotora de conflitos e guerra,
  • Defender a exclusiva utilização de meios pacíficos nessa luta.

Funcionamento
A forma de funcionamento da PAGAN constitui uma forma pioneira de democracia directa e de participação cidadã, sendo:

  • Constituída só por cidadãos,
  • As suas decisões tomadas em assembleias abertas a quem queira participar.

Modo de Actuação da PAGAN
A PAGAN, tal como as suas congéneres da coligação “No to War no to NATO”, sempre defendeu a utilização de formas pacíficas e não violentas de actuação e de protesto; e não se vai afastar disso, nos actos que patrocinar ou em que estiver presente, em qualquer circunstância.
Não existe tradição em Portugal de acções não violentas de desobediência civil, mas elas estão na mesma lógica pacifista utilizada por Gandhi e Martin Luther King, duas figuras mundialmente conhecidas. A única referência de violência que se pode associar a estas duas figuras é a de terem sido assassinados e não de utilizarem a violência como meio de protesto.
No entanto, e sem menosprezar esta vertente, a PAGAN privilegia a divulgação por todos os meios ao seu alcance, através de contactos pessoais ou na Internet, promovendo e participando em debates, distribuindo panfletos em lugares públicos, vendendo documentos e análises informativas, sempre consciente da necessidade de utilizar técnicas e tecnologias de comunicação que permitam passar de uma maneira impressiva a sua mensagem.

Enquadramento Nacional
A existência em Portugal de várias organizações contra a guerra e contra a NATO é positiva, reveladora da uma diversidade social, política e organizativa enriquecedora. Porém, é imperativa a cooperação na acção em momentos fulcrais, tal como durante a Cimeira, contra inimigos dos povos como a guerra e a NATO. Daí o nosso apelo, de longa data, a uma actuação conjunta nos dias da Cimeira.

Enquadramento Internacional
A NATO é um problema mundial e, como entidade poderosíssima que é, em termos políticos e militares, a luta contra ela exige grande abrangência de esforços e unidade, a nível social e geográfico. Assim é de uma eficácia reduzida qualquer luta ANTI NATO num quadro exclusivamente nacional e desintegrado de um plano global.
Por isso a PAGAN desde o início está ligada à coligação “No to War no to NATO” como plataforma de mais de 200 organizações, presentes em mais de 20 países europeus, EUA e Canadá, que se enquadram num vasto leque de referências políticas e sociais de activismo.
Nesse sentido, acolherá com grande satisfação a presença de companheiros de luta e demais activistas vindos do exterior, que desejem participar nos eventos programados, sempre de modo não violento.

Actividades previstas
A Contra Cimeira da NATO concretizar-se-á na realização de uma Conferência Internacional no dia 19, da Praça da Paz no dia 20 e da Assembleia da Paz no dia 21.
Daremos apoio a Acções Mediáticas que alertem a população para a nossa mensagem, sem provocar danos pessoais ou patrimoniais, conforme já foi mencionado na reunião da PSP. Faremos a sua divulgação na Internet, quando estiverem definidos os conteúdos.
Participaremos, também, na Manifestação convocada pela “Paz Sim, NATO Não”, no dia 20.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: