Skip to content

A Plataforma Anti-Guerra Anti-NATO exige a reposição do seu bom nome pelo DN

25/08/2010

DIREITO DE RESPOSTA

A Plataforma Anti-Guerra Anti-NATO exige a reposição do seu bom nome pelo DN

A PAGAN – Plataforma Anti-Guerra Anti-NATO – é um movimento de cidadãos que, unidos pelos princípios da não-violência, pretendem exercer o seu direito de expressão e opinião, demonstrando o seu desacordo quanto às políticas belicistas da NATO e, mais especificamente, quanto à participação Portuguesa na absurda guerra levada a cabo no Afeganistão.

No artigo publicado no Diário de Notícias com o título «Polícia compra blindados de guerra para a Cimeira da Nato» (edição de 08/08/2010)  [AQUI]  afirma-se que «Em Portugal existe a Plataforma Anti-Nato (PAGAN) que faz parte de uma rede internacional de organizações. A cimeira de Lisboa está na agenda e nos sites estrangeiros já estão apelos aos “protestos” e à “desobediência civil”». A PAGAN recusa liminarmente a associação do seu nome a actos violentos ou ameaçadores da ordem pública. A diversidade das organizações integradas na rede na qual a PAGAN se insere tem como base comum os conceitos de Pacifismo e Não-Violência.

É moralmente inaceitável que o nome de uma plataforma de cidadãos seja instrumentalizado por um meio de comunicação de massas no sentido de legitimar o investimento do Estado português em meios de repressão social como os blindados que veremos nas ruas de Lisboa.

Finalmente, o facto de o Diário de Notícias subverter o nome da PAGAN, cujo acrónimo se traduz em Plataforma Anti-Guerra Anti-NATO, omitindo a expressão anti-Guerra e sublinhando a expressão anti-NATO, configura-se como uma tentativa de distorção do carácter pacifista desta plataforma de cidadãos.

Ao abrigo do Direito de Resposta contemplado no artigo nº 24 da Lei de Imprensa (Lei n.º 2/99 de 13 de Janeiro), a PAGAN exige que o seu bom nome seja reposto pelo DN, corrigindo assim a errónea ideia de que a PAGAN representa uma ameaça para a ordem pública, conforme sugerido pelo artigo supra-citado que assim afectou a reputação e boa fama deste conjunto de cidadãos.

A PAGAN é uma plataforma de cidadãos responsáveis e preocupados com o envolvimento de Portugal nos meandros da guerra ao serviço da NATO, e não permitirá que o seu nome seja manipulado. Exigimos a reposição da verdade quanto às intenções dos cidadãos que integram a PAGAN, tão brevemente quanto possível.

Lisboa, 25 de Agosto de 2010

PLATAFORMA ANTI-GUERRA ANTI-NATO

https://antinatoportugal.wordpress.com/

antinatoportugal@gmail.com

Advertisements
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: