Skip to content

Antimilitarismo ibérico e europeu reforçam laços e discutem planos de acção conjunta em encontro histórico na Extremadura espanhola

13/08/2010

Na bela e frondosa Serra de Gredos, em Jarandilla de la Vera, perto do Rio Tejo, rio partilhado por Portugal e Espanha, realizaram-se – de 31 de Julho a 3 de Agosto- o primeiro encontro antimilitarista ibérico assim como um encontro antimilitarista europeu com vista  à preparação da presença antimilitarista em Lisboa, durante a próxima Cimeira da OTAN ( Novembro, 2010), organizados pela AA.MOC de Espanha.

Paralelamente ao encontro anual da Assembleia Anti-militarista-Movimento de Objecção de Consciência (AA.MOC), com a presença de treze delegações de toda a Espanha, aconteceram Assembleias Internacionais e Ibéricas, com uma significativa presença de militantes antimilitaristas portugueses e portuguesas da PAGAN- Plataforma Anti-Guerra, Anti-Nato. Presentes também delegações da Internacional de Resistentes à Guerra (WRI- IRG), de Trident Ploughshare (UK) da Liga de Resistentes à Guerra (DFG-VK) da Alemanha, da OFOG da Suécia,  da União de Objetores de Consciência (AKL) filandesa, da Bombspotting da Bélgica e do Transnacional Institute (TNI) da Holanda.

A presença antimilitarista da Colômbia, Chile, Marrocos, Argélia, Sérvia, Turquia ,de uma Plataforma de cidadãos neorurais do próprio local de acolhimento e de uma delegação da CGT espanhola, que assistiu como observadora e participou nas jornadas, mostra o interesse na partilha de informações e na frequência das diversas oficinas práticas e de treino sobre acção directa não violenta ( ADN), levadas a cabo pela AA.MOC,  formação de formadores em ADN , pela Bomspotting da Bélgica,  entre outras, até  informação sobre política e estratégias actuais da OTAN ( novo conceito estratégico da OTAN) esta última levada a cabo pela PAGAN ( Portugal).

Num ambiente libertário, com um programa rico e diversificado, intercalando oficinas com actividades lúdicas e de lazer, com a participação das crianças presentes, numa paisagem natural magnífica, em que a ausência de conflitos foi uma constante,  este encontro histórico- tanto para a AA.MOC, que registou  uma presença recorde de militantes, como para o antimilitarismo português, a dar os primeiros passos- mostrou também a pujança da acção antimilitarista nao só na Europa mas um pouco por todo o mundo.

A culminar estas actividades, realizou-se um Encontro Internacionalista, durante o qual se debateu o estado actual do antimilitarismo europeu, as acções já levadas a cabo, o calendário das próximas  e a preparação da resposta antimilitarista à cimeira da OTAN em Lisboa, em Novembro de 2010.

Emília Cerqueira

Mais: http://www.antimilitaristas.org/spip.php?article4613

Fotos: http://www.flickr.com/photos/httpwwwflickrcomphotospochoca/

Notícia publicada em  http://www.pt.indymedia.org/conteudo/newswire/2112

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: