Skip to content

QUEM TEM MEDO DA DEMOCRACIA?

09/08/2010

A visita dos chefes de estado do mundo rico e armado causará o caos em Lisboa no próximo mês de Novembro.

Segundo o DN de 8 de Agosto, a recepção de um evento como a cimeira da NATO implicará a «(…) necessidade de, não só limitar a circulação em toda a área, com vários perímetros de segurança e check-points, como também de aprovar um regime legislativo de excepção, temporário, que permita proibir manifestações que possam resultar em violência urbana, como tem sucedido em anteriores encontros de alto nível.
O espaço Schengen também pode ser suspenso e as fronteiras voltarem a ter controlo apertado. À semelhança do que aconteceu durante a realização do campeonato europeu de futebol, em 2004, durante o qual também vigorou um regime especial, os processos de expulsão de quem perturbe a ordem pública serão quase imediatos.
A lei de excepção vai ainda permitir a colocação em locais públicos de uma vasta rede de câmaras de videovigilância para recolher e gravar imagens. Os serviços de informações estão a trabalhar com os congéneres dos vários países participantes para listar os elementos de organizações radicais, já referenciados em anteriores tumultos.(…)»
A justificação para este espectacular aparato repressivo reside no medo de que os cidadãos se expressem em protesto. Como poderá um Estado democrático recear o protesto dos seus cidadãos? Não será o protesto o âmago da vida democrática? Ao sujeitar Lisboa a um estado de sítio para receber a cúpula do poder mundial, o estado português confirma a pior das mensagens: a de que o mundo, o nosso país e a nossa vida se regem em função de uma minoria em nome da qual se ignora  uma Constituição construída à custa de muitas lutas e aprendizagens ao longo da História, revelando-se assim a democracia uma abstracção ilusória. A democracia não é uma ideia posta em práctica fazendo uma cruz nas urnas. É uma conquista dos povos. Ao militarizar Lisboa, tratando os cidadãos como criminosos, a cimeira da NATO trará de facto a guerra e a opressão para as nossas vidas.

AS

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: