Skip to content

Cruz Vermelha confirma “prisão secreta” americana no Afeganistão

11/05/2010

Segundo esta organização internacional, pelo menos nove detidos foram mantidos num edifício à parte em Bagram do centro de detenção principal norte-americano no país, onde terão sido vítimas de abusos.

A existência da chamada “Tor Jail” (ou “prisão negra”), como a ela se referem os prisioneiros, não é porém reconhecida pelo exército dos Estados Unidos, apesar de fontes das autoridades norte-americanas terem dado a conhecer à Cruz Vermelha, desde Agosto de 2009, nomes de pessoas mantidas em instalações prisionais separadas em Bagram.

EUA negam
O militar responsável pelas prisões norte-americanas no Afeganistão, vice-almirante Robert Harward, negou veementemente a existência da “prisão secreta”, assim como que quaisquer abusos tenham sido cometidos contra os detidos, e sublinhou que o Centro de Detenção de Parwan é a única instalação prisional dos Estados Unidos existente no Afeganistão.

Os nove detidos ouvidos pelo Comité Internacional da Cruz Vermelha testemunharam “histórias consistentes” de serem mantidos em isolamentos em celas geladas onde as luzes estão ligadas em permanência, de dia e de noite, e acusam o pessoal militar da base de os manterem em constante vigília.

Público 11/5/2010

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: