Skip to content

Almirante português evoca interesse «nacional» para «silenciar» caso dos submarinos

04/04/2010
BASTA DE DEITAR POEIRA PARA OS OLHOS DA OPINIÃO PÚBLICA!!!!!

É caso mesmo para perguntar-lhe: «quer-nos comer por parvos?».

O caso foi despoletado pelos indícios de avultadas luvas que teriam sido pagas a altas patentes da marinha e a membros do governo de então, indícios esses que foram e são investigados pelas autoridades judiciais alemãs. O contra-almirante na reforma envolvido na intermediação foi explicitamente citado pelos inquiridores alemães.

Este almirante está a fazer de conta que não percebe a gravidade do que se passou e passa, está a querer assustar os governantes e opinião pública portuguesa, inclusive intimidando as forças que queiram dar visibilidade a este caso, invocando o interesse nacional.

Pois bem – digo eu, Manuel Baptista – o interesse nacional é que todos – inclusive o senhor – sejam investigados pela justiça portuguesa em relação a este caso e que sejam exemplarmente punidos aqueles que prevaricaram ou que têm algum grau de conivência com esta situação.

Está esse senhor almirante preocupado com o prestígio de Portugal!? 

… Ou estará (?) com «as barbas a arder» e decidiu dizer umas coisas para «assustar»???

– Primeiro, as decisões sobre a Auto-Europa não dependem do ministério da defesa ou da marinha portuguesa.

– Segundo,  é injurioso pensar e escrever que a VW irá fazer uma «retaliação» por «vingança», caso o contrato dos submarinos não seja «honrado» pelo governo de Portugal.

– Terceiro, o que está em causa, para além da utilidade ou não dos submarinos no dispositivo de defesa português, é a modalidade pela qual estes foram adquiridos.

– Quarto, os portugueses não deixarão de responsabilizar – entre outras coisas – os que estão e estiveram no poder, pelos desastrosos negócios – feitos em nome de nós todos – sem que haja um claro interesse nacional envolvido.

Porquê submarinos, e não corvetas ou lanchas; porquê este processo de pagamento, gravoso para a nossa recuperação económica; porquê agora esta renovação, não  será por exigência da NATO, ou até para os senhores almirantes «fazerem figura» nas reuniões da NATO?

Quando, ainda por cima, se avolumam suspeitas de grandes «negócios» (luvas) envolvidos a propósito da tal compra por leasing dos submarinos, é caso para dizer, Sr. Almirante, esta não é propriamente uma «batalha» naval, é sim o nosso dinheiro – de todos/as – desbaratado!!! Ainda por cima, para encher o bolso de alguns «espertos» que detêm (ou detiveram) muito (demasiado) poder!!!

Manuel Baptista

Ler notícia em: http://economico.sapo.pt/noticias/caso-dos-submarinos-pode-fechar-autoeuropa_85805.html

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: