Skip to content

Cerco à China, no centro da estratégia dos EUA, por Carlos Taibo

18/03/2010

A propósito dos diferendos entre a China e os EUA, o professor de Ciências Políticas Carlos Taibo, recorda as fragilidades da super-potência China em relação ao abastecimento em petróleo. Segundo ele, toda a estratégia dos EUA (e logicamente da NATO, que é seu instrumento) está subordinada, no Médio Oriente, na Ásia central e no Extremo Oriente, a dificultar a obtenção e passagem de navios petroleiros ou de óleoductos em direcção à China.

O artigo encontra-se na página da Alternativa Antimilitarista, uma organização irmã do Estado Espanhol*

* http://www.antimilitaristas.org/spip.php?article4477

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: