Saltar para o conteúdo

Newsletter do WRI sobre «os que beneficiam com a guerra»

22/02/2010

Bem-vindos à primeira edição de 2010. //Aquino, escritório do WRI

Andamos bastante ocupados nestes primeiros dois meses de 2010.  Durante as duas ultimas semanas de Janeiro o WRI realizou a sua  Conferência Internacional em Ahmedabad, na Índia.

Nesta edição relatamos algumas das sessões que estiveram relacionadas com o tópico “beneficiar com guerra” (war profiteering). A conferência foi uma oportunidade importante para activistas e investigadores do tema “beneficiar com a guerra” se encontrarem e fazerem ligações entre regiões e áreas específicas de trabalho. Uma das sugestões que foi lançada foi a necessidade de fazer chegar esta newsletter a mais gente. Propôs-se que as pessoas que já recebem  esta newsletter devessem enviar convites aos seus contactos  convidando-os a subscrevê-la – o link a utilizar pelos novos  subscritores é: 

http://lists.wri-irg.org/sympa/info/warprofiteersnews [1]

Também vamos tentar colocá-la noutras páginas web, tais como o Indymedia. 

Se nos pudessem ajudar com isso, seriam mais do que bem-vindos.  Nesta edição poderemos ver uma reportagem acerca do trabalho do grupo “Weapon Zero Team” (Equipa de Armamento Zero) na Coreia do Sul. Este grupo ficou motivado a trabalhar com o tema “beneficiar da guerra” depois de ter participado na Conferência Internacional do WRI em 2006 na Alemanha. Alguns deles também estavam presentes em  Ahmedabad e participaram em sessões acerca desse tópico. Este é  um exemplo claro de como os encontros podem criar ligações importantes e inspirar as pessoas a agir.

A 15 de Fevereiro, um grande bloqueio foi montado no Atomic Weapons Establishment (AWE) em Aldermaston, na Grã-Bretanha, para protestar contra as armas nucleares. O WRI ajudou a co-organizar uma comitiva internacional que incluía activistas de vários países Europeus, incluindo Bélgica, Finlândia, Alemanha, Suécia e Espanha. As armas nucleares continuam a ser uma industria crucial para os grandes produtores de armamento.  Neste link ( http://wri-irg.org/node/9661 [2]) podes encontrar uma lista dos produtores de armamento nuclear para a NATO.

Gostaria de dar os parabéns à campanha na Irlanda do Norte pelo sucesso que obtiveram em conseguir que o Raytheon deixasse Derry. Como eles dizem, agora o importante é segui-los e ver onde instalam o Raytheon depois disto. Por último mas não menos importante, gostava de agradecer à Ceasefire Campaign (Campanha Cessar-Fogo) pela sua contribuição para esta newsletter e a Wendela de Vries que ajudou a partilhar esta útil informação.

Tradução por TC

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: