Skip to content

PROTESTOS AQUANDO DO ENCONTRO DOS SENHORES DA GUERRA EM LONDRES

08/01/2010

[de newsletter de STOP THE WAR UK ]

Na quinta-feira 28 de Janeiro os líderes da ocupação do Afeganistão pela NATO virão ao centro de Londres para uma conferência organizada por Gordon Brown para discutir as próximas etapas do seu esforço de guerra. O presidente Karzai, Hillary Clinton, o presidente Sarkosy e Angela Merkel estão entre os que são esperados.

«Stop the War» irá organizar um protesto por ocasião da conferência. Iremos tornar público o local e o tempo, tão depressa quanto forem anunciados os detalhes por parte dos organizadores da conferência.

A situação para os militaristas causadores de guerras está a deteriorar-se rapidamente. O último ano foi ,de longe, o pior desde a invasão em 2001, para as forças invasoras, com 108 soldados britânicos e 319 soldados dos EUA perdendo as suas vidas numa guerra sem sentido.

O número de civis afegãos mortos em 2009 também cresceu, com a ONU a indicar uma estimativa bem acima dos 2000, o que sem dúvida é uma sub-estimação do total visto que muitas mortes não são noticiadas.

Gordon Brown pretende que a NATO esteja comprometida com um Afeganistão estável e seguro, mas a guerra apenas faz crescer o sofrimento das pessoas comuns no segundo país mais pobre do mundo.

É este o ambiente no qual os taliban continuam a crescer e fortificar-se. Até o comandante das forças da NATO admite que eles controlam uma grande parte do país.

A infiltração taliban no exército afegão — que segundo Obama e Brown é a chave para vencer a guerra no longo prazo — foi posta em evidência no final de 2009 quando 5 soldados britânicos e sete operacionais da CIA foram mortos em incidentes separados por apoiantes dos talibans que serviam no exército.

O governo Karzai, apoiado pelos ocidentais — já desacreditado pela farsa da «eleição» presidencial — está em acentuada decomposição, depois da rejeição do elenco do governo de Karzai pelo parlamento afegão. Isto torna irrisório o slogan escolhido por Brown para a conferência de 28 de Janeiro «uma liderança afegã, uma associação internacional»

Dizem-nos que o objectivo do crescente morticínio é de contrariar o perigo de terrorismo. Mas é claro que, longe de combater o terrorismo, a ‘guerra ao terror’ criou mais inimigos para o ocidente, que a Al-Caida se espalhou através do Médio Oriente, até à Somália e Iémen e mais além.

Onde ela não está é no Afeganistão, onde o governo dos EUA admite que existam menos de 100 operacionais da Al Caida.

O encontro de chefes a 28 de Janeiro pode dar apenas uma resposta à catástrofe que a sua guerra criou. Mais guerra. Com o último reforço de tropas, Obama duplicou o número de militares desde que se tornou presidente – e apesar da maioria do público britânico apelar para que as tropas sejam retiradas, qualquer que seja a política externa dos EUA, mais os governantes britânicos aumentam as tropas no terreno para cima de 9500.

É essencial tornarmos claro a 28 de Janeiro, que estas políticas de guerra são antagonizadas pela maioria do povo em praticamente todas as nações da NATO. Em vez de discutir uma esclada da guerra no Afeganistão, a conferência internacional apelada por Gordon Brown deveria estar a fazer planos para as tropas regressarem a casa.

PROTESTO STOP À GUERRA
PAREM A MATANÇA: TRAGAM AS TROPAS DE VOLTA A CASA
CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE O AFEGANISTÃO
QUINTA FEIRA 28 DE JANEIRO
CENTRO DE LONDRES (detalhes em breve)
Esperamos que possa se juntar a nós.

PARA ACTUALIZAÇÕES:

http://www.stopwar.org.uk

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: